Ribéry brilha e ajuda França a vencer Belarus e superar 'trauma' de derrota em casa em 2010

Do UOL, em São Paulo

  • Gonzalo Fuentes/Reuters

    Francês Franck Ribery tenta escapar da marcação de Dmitry Verkhovtsov, de Belarus

    Francês Franck Ribery tenta escapar da marcação de Dmitry Verkhovtsov, de Belarus

Veja Também

Belarus, uma pequena ex-república soviética, esperava manter a mística de dois anos atrás, quando viajou até Paris e venceu a campeã mundial França dentro do Stade de France lotado por 76 mil torcedores. Na partida, válida pelas eliminatórias para a Euro do ano passado, a seleção do leste europeu venceu os franceses por 1 a 0, gol de Sergey Kislyak, que ainda defende Belarus.

Mas, nesta terça-feira, a história foi diferente. E teve participação decisiva do meia Franck Ribéry. Em duelo pelas Eliminatórias europeias para o Mundial do Brasil, a França venceu Belarus por 3 a 1 e virou líder do Grupo I, com seis pontos, duas vitórias e um jogo a mais do que a Espanha, que também venceu nesta terça.

Do começo ao fim, a França mostrou que não estava disposta a dar chance ao azar e tentou sufocar os rivais em seu campo de defesa. Nos primeiros 45 minutos, foram várias chances criadas e perdidas pelos homens do técnico Didier Deschamps.

Olivier Giroud, Mamadou Sakho (duas vezes) e Yohan Cabaye tiveram ótimas oportunidades para abrir o placar e desperdiçaram. As redes de Belarus só balançariam no começo do segundo tempo depois que o volante Étienne Capoue recebeu uma assistência de Ribéry e fez o seu primeiro gol em uma partida internacional: 1 a 0, para a festa dos franceses no Stade de France.

Para afastar de vez o trauma de dois anos atrás, os azuis continuaram em cima e não permitiram ao adversário chegar com perigo ao gol de Lloris. E ainda alcançaram ao segundo tento com o lateral Christophe Jallet, capitão do Paris Saint-Germain.

Ao segundo gol Belarus reagiu rápido. A equipe conseguiu diminuir a vantagem apenas três minutos depois, quando Anton Putsila pegou o rebote de um pênalti que ele mesmo bateu e marcou o primeiro do time visitante. Mas reação durou pouco: Ribéry, em noite inspirada, recebeu assistência de Benzema e marcou o terceiro para tranquilizar a torcida francesa, que passou a cantar "Allez, allez, allez" até o fim .

A França folgará na próxima rodada das Eliminatórias e voltará a campo contra a Espanha no dia 16 de outubro. Já Belarus enfrentará a Espanha quatro dias antes.

ESPANHA SOFRE EM ESTREIA, MAS BATE GEÓRGIA FORA DE CASA

Atual campeã mundial e bicampeã da Eurocopa, a Espanha sofreu para vencer na estreia pelas eliminatórias europeias para a Copa de 2014. Diante da Geórgia, seleção que ocupa o 86º lugar no ranking da Fifa, a Fúria venceu por 1 a 0 fora de casa, gol de Soldado aos 41min do segundo tempo. "Faltou a nós mais chegada, mas são três pontos importantíssimos. Se tivéssemos empatado, seria um passo para trás", comentou o técnico Vicente Del Bosque. Leia mais sobre a partida

ITÁLIA VENCE A PRIMEIRA; HOLANDA GOLEIA E INGLATERRA TROPEÇA

A renovada seleção da Itália venceu a primeira na eliminatória europeia para a Copa de 2014. Diante de Malta, país de pouca tradição no futebol e 139º colocado no ranking da Fifa, a Azurra ganhou por a 2 a 0, gols de Destro e Peluso. Já a Holanda está 100% no torneio qualificatório para o Mundial no Brasil. Nesta terça, os holandeses golearam a Hungria por 4 a 1 fora de casa. Em Wembley, a Inglaterra precisou de um pênalti aos 41 min do segundo tempo para arrancar um empate contra a Ucrânia por 1 a 1. Leia mais

EM DUELO DE VIZINHOS E RIVAIS, ALEMANHA SUPERA ÁUSTRIA

Começou difícil e teve cheiro de zebra, mas a Alemanha confirmou o favoritismo, bateu a Áustria em Viena por 2 a 1, chegou à liderança no grupo C com seis pontos e continua tranquila no caminho rumo à Copa do Mundo de 2014. O gol que abriu o placar foi marcado no último minuto do primeiro tempo pelo atacante Marcos Reus, que defende o Borussia Dortmund. Antes disso, o time da casa teve várias chances de marcar o primeiro, mas foi sofrível na finalização. Ozil fez o segundo dos alemães, e Zlatko Junuzović diminuiu para a Áustria. Leia mais sobre a partida

PORTUGAL FAZ BOMBARDEIO E DERROTA AZERBAIJÃO COM GOLS NO FIM

Foi mais de uma hora de gritos presos na garganta, bolas na trave, defesas incríveis do goleiro, bate-rebate na área e chutes para fora. Parecia que o placar ficaria em branco por puro capricho do futebol. Mas Portugal, aos 18min do segundo tempo, finalmente conseguiu fazer um gol contra o Azerbaijão em Braga. A vitória por 3 a 0 foi o segundo triunfo dos portugueses contra um time de pouca expressão nas Eliminatórias. Leia mais sobre o jogo

Últimas de Copa do Mundo 2014



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos