Romário diz que CBF é um cartel e afirma que eleição será comprada

Do UOL, em São Paulo

  • Marcelo Camargo/Folhapress

    Deputado federal e ex-jogador de futebol Romário (PSB-RJ) criticou a direção da CBF

    Deputado federal e ex-jogador de futebol Romário (PSB-RJ) criticou a direção da CBF

Veja Também

O ex-atacante e hoje deputado federal Romário (PSB-RJ) atacou mais uma vez a direção da CBF. Em entrevista ao jornal "O Estado de S.Paulo", o baixinho reforçou a acusação de que a entidade é um cartel, acusou o vice-presidente Marco Polo Del Nero de chefe do esquema e ainda afirmou que a eleição para a nova presidência em 2014 será comprada.

"Ele (Del Nero) é o pior dos três (junto com José Maria Marin e Ricardo Teixeira). É o cabeça do atual cartel que virou a CBF. É quem faz os negócios, as negociatas da entidade. É ele quem manipula os presidentes das federações, de clubes. Se chegar à presidência da CBF, vamos viver um inédito período de ditadura no nosso futebol", disse Romário.

Marco Polo Del Nero é um dos vice-presidentes da CBF e também está no comando da Federação Paulista de Futebol. O dirigente é considerado nome certo para a eleição do próximo ano e conta com o apoio do atual presidente, José Maria Marin.

"A próxima eleição vai ser comprada também. Torço e acredito que apareça algum candidato avulso, contrário aos métodos atuais e que possa incomodar os atuais dirigentes", afirmou.

Romário ainda disse que vê o ex-presidente do Corinthians e ex-diretor de seleções da CBF Andrés Sanchez e o ex-jogador Raí como bons nomes para o cargo.

O deputado carioca se tornou o principal crítico da CBF e dos preparativos para a Copa do Mundo de 2014. Romário já protocolou um pedido na Câmara para a abertura de uma CPI para investigar a entidade, faz duras criticas a Marin e quer que ele explique sua ligação com a Ditadura Militar e com a morte do jornalista Vladimir Herzog, em 1975.

"Estou aqui há pouco mais de dois anos e já pude reparar que não existe interesse do governo em abrir CPI nenhuma. Não me pergunte por quê. Com um CPI do futebol, iniciada agora, o Brasil teria condições de chegar ao ano do Mundial limpo, de cara nova. Reina muita bagunça no nosso futebol", criticou Romário. 



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos