Nove dos 12 estádios da Copa de 2014 estão atrasados e todos custarão mais que o previsto

Aiuri Rebello
Do UOL, em São Paulo

  • Jarbas Oliveira/UOL

    Castelão, em Fortaleza, foi inaugurado dentro do prazo, em dezembro de 2012; uma exceção

    Castelão, em Fortaleza, foi inaugurado dentro do prazo, em dezembro de 2012; uma exceção

Veja Também

Faltando 500 dias para o início da Copa do Mundo de 2014, nove dos dez estádios que ainda estão em obras estão atrasados. Todos os 12 estádios irão custar mais caro que o previsto inicialmente. O custo total da construção e reforma dos estádios para o Mundial passou de R$ 5 bilhões em 2010 para R$ 7 bilhões em dezembro de 2012, de acordo com o Ministério do Esporte.

Fora o estádio do Corinthians, em São Paulo, que não tinha um prazo inicial para estar pronto em 2010, e o Estádio Nacional Mané Garrincha, em Brasília (DF), que adiantou a inauguração de julho para abril deste ano, nove estádios sofreram diversos adiamentos no prazo final para estarem prontos. A Arena Castelão, em Fortaleza (CE),  e o Mineirão, em Belo Horizonte (MG), são os únicos estádios que já foram entregues, em dezembro do ano passado, dentro do cronograma inicial.

Os maiores atrasos estão na Arena Pantanal, em Cuiabá (MT), que inicialmente estava prevista para dezembro do ano passado e agora deverá ficar pronta em outubro deste ano, e em Porto Alegre (RS). A reforma do Beira-Rio deveria ter ficado pronta em dezembro de 2012, mas agora a obra é prometida apenas para dezembro de 2013.

Quando o assunto é aumento de custo previsto, o estádio de Brasília é o campeão. Orçada inicialmente em R$ 700 milhões, hoje a arena não sairá por menos de R$ 1 bilhão. O Maracanã oficialmente custará R$ 882 milhões, mas se forem considerados os aditivos e os contratos complementares, a obra também já está orçada em mais de R$ 1 bilhão. Além destes, outros estádios estavam com o custo defasado no balanço divulgado pelo Ministério do Esporte em dezembro de 2012. Na realidade, o valor do aumento nas obras é ainda maior que o divulgado.

No estádio de Porto Alegre também chama atenção o aumento no valor da obra: passou de R$ 143 milhões em 2010 para R$ 330 milhões em dezembro de 2012, mais que o dobro. 

 

EVOLUÇÃO DE CUSTOS E ATRASO NA DATA DE ENTREGA DOS ESTÁDIOS

 

Estádios da Copa-2014 Cidade-sede Custo (2010) Custo (2012) Previsão de entrega (2010) Previsão de entrega (2012)
Belo Horizonte R$ 456 milhões R$ 695 milhões Dezembro/2012 Entregue dentro do prazo inicial
Brasília R$ 702 milhões R$ 1 bilhão Julho/2013 Abril/2013
Cuiabá R$ 454 milhões R$ 518 milhões Dezembro/2012 Outubro/2013
Curitiba R$ 151 milhões R$ 234 milhões Dezembro/2012 Julho/2013
Fortaleza R$ 452 milhões R$ 518 milhões Dezembro/2012 Entregue dentro do prazo inicial
Manaus R$ 533 milhões R$ 583 milhões Junho/2013 Dezembro/2013
Natal R$ 413 milhões R$ 417 milhões Outubro/2013 Dezembro/2013
Porto Alegre R$ 143 milhões R$ 330 milhões Dezembro/2012 Dezembro/2013
Recife R$ 491 milhões R$ 500 milhões Dezembro/2012 Abril/2013
Rio de Janeiro R$ 705 milhões R$ 882 milhões Dezembro/2012 Maio/2013
Salvador R$ 592 milhões R$ 592 milhões Dezembro/2012 Fevereiro/2013
São Paulo Sem previsão inicial R$ 820 milhões Sem previsão inicial Dezembro/2013

 

Últimas de Copa do Mundo 2014



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos