Reforma para a Copa do aeroporto de Cuiabá deve começar com um ano de atraso

Do UOL, em São Paulo

  • Divulgação/Ministério dos Esportes

    A previsão é que o aeroporto fique pronto até o final de 2013

    A previsão é que o aeroporto fique pronto até o final de 2013

O governo estadual do Mato Grosso anunciou nesta segunda-feira que o Consórcio Marechal Rondon (formado pelas empresas Engebglobal, Farol Empreendimentos e Multimetal Engenharia) fará a reforma e ampliação do aeroporto de Cuiabá Marechal Rondon. Se não houver recurso, a ordem de serviço deve ser assinada nos próximos dias e a obra iniciada, cerca de um ano além do prazo previsto na Matriz de Responsabilidade da Copa, em 2010.

O documento assinado pelas autoridades públicas brasileiras em janeiro de 2010 que contém a previsão de custos e prazos das obras planejadas pelo país para receber a Copa previa que a reforma do aeroporto começaria em janeiro de 2012 e seria finalizada até julho de 2013. O prazo atual para o término da obra é dezembro de 2013.

O preço da obra também mudou. A Secopa (Secretaria Especial para a Copa) do Estado de Mato Grosso anunciou que a empresa escolhida fará a reforma por R$ 77,2 milhões, menor do que a previsão inicial de R$ 88 milhões.

Com a reforma, o aeroporto aumentará sua capacidade de passageiros dos atuais 2,5 milhões para 5,7 milhões por ano. A reforma amplia a área construída de 5.460 para 13,2 mil metros quadrados.

Obras na Arena Pantanal
Obras na Arena Pantanal

Veja também



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos