Copa 2018

Tite desconversa sobre adversários e admite dificuldade com deslocamentos

Shaun Botterill/Getty Images
Técnico Tite acompanha o sorteio da Copa do Mundo em Moscou, na Rússia Imagem: Shaun Botterill/Getty Images

Do UOL, em São Paulo

01/12/2017 14h32

O técnico Tite já conhece os adversários para sua primeira experiência em uma Copa. Nesta sexta-feira, o sorteio na Rússia definiu que o Brasil enfrentará Suíça, Sérvia e Costa Rica na primeira fase. No entanto, o treinador apresentou o discurso de que o time deve se concentrar em sua preparação, independentemente dos oponentes. Para o estreante em Mundiais, a projeção de deslocamento pode ser o principal desafio aos brasileiros.

"Isso (deslocamento) preocupa, mas nós não tínhamos como controlar essa variável. Mas apesar da distância, essa agilidade para chegar é importante", comentou Tite em Moscou, em entrevista ao Sportv.

A logística imposta pelo sorteio da Copa do Mundo ficou distante do que a comissão técnica do Brasil sonhava para a primeira fase na Rússia. Alocada no Grupo E, a seleção terá um dos maiores deslocamentos entre os cabeças de chave, com um total de 2578 quilômetros a serem percorridos em 11 dias. Entretanto, caso a comissão técnica de Tite opte por manter o plano original, esse número chegaria a 7378 quilômetros. 

Ao todo, serão jogos em três cidades diferentes a Sochi, onde o Brasil definiu sua base para a Copa da Rússia: Rostov, contra a Suíça no dia 17 de junho, além de São Petersburgo, diante de Costa Rica em 22 de junho, e Moscou, frente a Sérvia, no encerramento da chave em 27 de junho.

"Nós não teríamos como contornar essa situação. Procuramos a melhor logística possível. O treinamento, descanso, alimentação e atendimento médico. Não dava para controlar os locais", analisou Tite, desta vez em entrevista ao Fox Sports.

Hora de estudar os adversários

O treinador preferiu não comentar nominalmente cada um dos adversários da primeira fase e reforçou a necessidade de se cumprir uma preparação irretocável.

“Eu já estava voltando com uma convicção. A equipe do Brasil crescer e se solidificar independe dos times com quem for jogar”, declarou o treinador brasileiro.

Após a cerimônia de sorteio em Moscou, Tite admitiu que o momento agora será de estudar os adversários sorteados para os confrontos no Grupo E da Copa.

"Gostaria que fosse, mas não tenho a profundidade do conhecimento em relação à equipe. Vou buscar agora. Era uma série de seleções importantes para depois responder consistente. Vamos deixar aqui antes. Estou fazendo uma brincadeira, porque o nível de exigência é muito alto. Quando a gente fala de um Mundial que três Copas atrás o campeão (Itália) não está aqui. O terceiro da última (Holanda) não está aqui. O bicampeão da Copa América (Chile) não está aqui. Os Estados Unidos, com todo investimento, ficaram fora para a Costa Rica", comentou. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo