Copa 2018

Sorteio obriga três viagens para o Brasil e dificulta logística na Rússia

REUTERS/Kai Pfaffenbach
Sorteio definiu sorte de 32 seleções no Mundial Imagem: REUTERS/Kai Pfaffenbach

Do UOL, em São Paulo

01/12/2017 13h47

A logística imposta pelo sorteio da Copa do Mundo ficou distante do que a comissão técnica do Brasil sonhava para a primeira fase na Rússia. Alocada no Grupo E, a seleção terá um dos maiores deslocamentos entre os cabeças de chave, com um total de 2.578 quilômetros a serem percorridos em 11 dias. Entretanto, caso a comissão técnica de Tite opte por manter o plano original, esse número chegaria a 7.380 quilômetros.  

Ao todo, serão jogos em três cidades diferentes a Sochi, onde o Brasil definiu sua base para a Copa da Rússia: Rostov, contra a Suíça no dia 17 de junho, além de São Petersburgo, diante de Costa Rica em 22 de junho, e Moscou, frente a Sérvia, no encerramento da chave em 27 de junho. 

A distância entre Sochi e Rostov, o palco da estreia brasileira, é a menor das três, com 404 quilômetros de distância. A partir daí, são mais duas viagens: para São Petersburgo, com 1.925 quilômetros a percorrer, e enfim de Sochi a Moscou, com mais 1.361 quilômetros. Se a seleção brasileira optar por voltar sempre à base principal, que será Sochi, o número salta de 2.578 quilômetros para 7.380. 

Entre os itens que preocupavam Tite, as distâncias mais longas estavam entre os itens de maior preocupação, fruto das distâncias continentais entre as cidades do país. 

Cabeças de chave: Argentina se dá bem em distâncias; Alemanha tem pior cenário

Ainda em um comparativo entre as distâncias dos cabeças de chave, a Argentina de Lionel Messi foi aquela que teve maior sorte. Com jogos em Moscou, Níjni Novgorod e São Petersburgo, tem distância de 1.295 quilômetros a percorrer.

As partidas são respectivamente contra Islândia (16-jun), Croácia (21-jun) e Nigéria (26-jun). 

Por outro lado, a Alemanha foi a seleção a receber o pior cenário do ponto de vista logístico entre as cabeças de chaves. Será a seleção a percorrer mais quilômetros, em um total de 2.875 entre Moscou, Sochi e Kazam.

Os jogos são, respectivamente, contra México (17-jun), Suécia (23-jun) e Coreia do Sul (27-jun). 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo