Mulher acha mala com 9 ingressos da Copa e devolve a mexicano em Natal

Bruno Thadeu
Do UOL, em Natal

Veja Também

O mexicano Eric Tejeda, 34 anos, viveu momento de pânico na sexta-feira. Ele esqueceu sua mochila dentro de um ônibus de Natal. Dentro da mala havia 9 ingressos da Copa do Mundo, cartões de crédito, roupas e outros pertences. Para sua sorte, a enfermeira Luzimar Nascimento estava ao lado na cadeira do coletivo e pegou a mochila, iniciando longa operação de devolução. 

Luzimar chegou à residência da família em que trabalha (ela cuida de uma senhora) na tarde de sexta comunicando o recolhimento de uma mala. O homem havia descido do ônibus, esquecendo-se a mala ao lado da enfermeira.

"Ele desceu e eu só me dei conta da bolsa dele quase no fim da viagem. No início até pensei se tinha uma bomba dentro da mala. Mas tinha ingressos e cartões. Fiquei muito preocupada porque imaginei como seria um filho meu sem os documentos. Não consegui nem dormir pensando no desespero dele", contou Luzimar ao UOL Esporte.

Para se ter uma noção do drama de Eric Tejeda, dentro de sua mochila estavam os ingressos dele e de seus dois amigos que vieram ao Brasil apenas para assistir ao Mundial. Havia bilhetes para os jogos do México contra o Brasil e Croácia, além de uma partida das quartas de final.

Os três mexicanos tinham pegado ônibus próximo da Arena das Dunas em direção ao hotel, minutos após a vitória de sua seleção contra Camarões, 1 a 0, sexta à tarde.

"Minha reação foi de desespero quando percebi a ausência da mala, porque não só os meus ingressos estavam lá, mas também dos meus amigos. Viemos ao Brasil para ver o jogo e, de repente, não tínhamos mais os ingressos", relembra Eric, que é administrador de empresa.

Varredura pela cidade em busca do mexicano

A família que emprega Luzimar deu partida ao processo de localização do dono da mochila. A partir da verificação de cartões que estavam dentro da mala, Vagner Aquino fez ligações internacionais para o México, entrando em contato com empresas de cartão de crédito. Ao lado de Vagner estavam a mulher Rejane e os fihos Matheus e Isabel Aquino.

Enquanto o pai da família Aquino tentava alguma informação por telefone, Matheus e Isabel usaram as redes sociais para achar o dono da mala. Em poucas horas, centenas de moradores de Natal compartilharam a caçada por Eric Tejeda.

Matheus pegou uma nota fiscal de um restaurante e foi para a orla de Natal em busca de Eric. Com a imagem de Eric no cartão, o jovem parava turistas mexicanos em frente à praia perguntando se conheciam o homem da foto. Mas ninguém reconheceu.

Com um cartão meio apagado e com o logotipo de um hotel, Matheus percorreu hoteis da região durante a noite de sexta. Mas a procura também foi em vão.

Já era quase madrugada de sexta-feira quando uma operadora mexicana de cartão de crédito retornou ligação da família Aquino e repassou o contato de uma mulher que mora no México. Ela seria a namorada do "esquecido".

Após nova ligação internacional, desta vez para a namorada de Eric, a família de Natal explicou todo o caso. A mexicana se prontificou a fazer o contato por telefone com o namorado, que está hospedado em hotel na região de Ponta Negra.

O alívio se deu quando Eric atendeu à chamada da namorada pelo celular. A mochila estava intacta, com os 9 ingressos dentro.

O mexicano narra o momento em que foi avisado pela namorada sobre a descoberta da mochila.

"Minha namorada perguntou: 'é verdade que você está perdido aí no Brasil?'. Eu respondi: 'Quem está perdida é minha maleta [mala]'. Ela completou: 'Então, acharam sua mala e estão querendo te devolver'", descreveu Eric ao UOL Esporte.

A notícia de que havia mobilização de pessoas em sua busca surpreendeu Eric. Isso porque ele tinha certeza de que nunca mais veria a mala de volta, 

"Eu não tinha mais nenhuma esperança, porque as informações de Natal não eram boas. Aqui se falou muito em roubo, violência. Esses dias, por exemplo, um bandido foi agredido por turistas no hotel aqui perto. Tudo isso fazia com que eu não acreditasse. Mas Deus colocou pessoas honradas nesse mundo. E a essas pessoas que me devolveram a mala eu serei eternamente grato".

Presentes para Luzimar e família que guardou a mala

Com Eric já localizado, a família Aquino partiu em direção no sábado pela manhã ao hotel em que o mexicano está hospedado. A mochila com os ingressos foi devolvida. Sobraram sorrisos e fotos do encontro.

Eric presenteou Matheus e Luzimar com uniformes do México. Rejane ganhou uma manta. O mexicano distribuiu outros mimos aos envolvidos, além de uma carta de agradecimento.

"Eu não queria que ele saísse com uma imagem ruim do Brasil. Eu queria que ele soubesse que existem pessoas que se preocupam com os outros. Por isso fomos até o fim. E conseguimos", declarou Luzimar Nascimento. 

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos