Itaquerão só vai ficar pronto a seis dias de abertura da Copa do Mundo

Guilherme Costa e Rodrigo Mattos
Do UOL, em São Paulo

Veja Também

O Itaquerão, estádio que sediará a abertura da Copa do Mundo de 2014, só vai ser concluído, na melhor das hipóteses, seis dias antes de Brasil e Croácia disputarem o primeiro jogo do torneio. As arquibancadas provisórias do setor norte ainda têm obras 24 horas por dia, com previsão de término entre sexta-feira e sábado. Na terça-feira, a área ainda não tinha sequer escadas.

No último domingo, Corinthians e Botafogo fizeram o segundo jogo da história do Itaquerão. A partida foi evento-teste da Fifa, mas as arquibancadas provisórias não foram usadas. Segundo a Secopa-SP, o veto ao espaço aconteceu porque não houve tempo suficiente para obtenção de um laudo de liberação do Corpo de Bombeiros. A verdade, porém, é que o setor ainda não está pronto.

A reportagem do UOL Esporte esteve no local e conversou com quatro operários que atuam nas instalações das provisórias. Dois trabalhavam com dois guindastes que ainda subiam estruturas metálicas para completar as escadas durante a tarde. Segundo eles, a intenção era acabar as instalações na sexta-feira e concluir a limpeza no local para entregar à Fifa no sábado.

De fato, os testes de resistência já foram realizados com sacos de areia de 100 kg nos assentos e um aparelho que simulava tremores. Mas nova vistoria terá de ser feita pelo Corpo dos Bombeiros nesta quarta-feira, até porque seria impossível emitir um alvará de funcionamento da arquibancada sem submeter escadas a provas. Banheiros e acabamentos também estavam sendo concluídos.

"Ia ficar mais para o fim, mesmo, porque houve um acidente. Nós ficamos com essa tarefa", disse Júlio Semeghini, secretário de Planejamento e Desenvolvimento Regional do Estado de São Paulo e coordenador do Comitê Paulista para a Copa do Mundo. As obras de instalação das arquibancadas temporárias foram interditadas pelo Ministério do Trabalho em março de 2014 por irregularidades constatadas após a morte de Fábio Hamilton da Cruz, operário que caiu quando instalava uma plataforma no setor.

A previsão inicial de conclusão das arquibancadas móveis era 30 de abril. Depois da morte do operário e de a construção ter sido interditada por cerca de dez dias, o prazo foi postergado para 15 de maio.

Funcionários da Fast Engenharia, empresa contratada para instalar as provisórias, relataram que as obras no setor têm sido feitas 24 horas por dia há pelo menos duas semanas, sem interrupção. Segundo eles, não haveria a mínima chance de as instalações serem concluídas sem esse roteiro. Um dos operários até admitiu que não ficou muito satisfeito com a aparência final das arquibancadas que ele mesmo ajudou a montar.

Com 24 horas de trabalho, os operários têm feito um revezamento em dois turnos. Além da conclusão da obra e da instalação de escadas, o espaço ainda precisa ser envelopado com um pano para disfarçar as estruturas aparentes – essa "maquiagem" já foi feita nas provisórias do setor sul.

A Fifa demonstra confiança sobre conclusão dessas estruturas, mas tem consciência de que outras instalações, chamadas overlays, só ficarão prontas na véspera da abertura da Copa. Por isso, são esperados ajustes durante o Mundial.

O Itaquerão foi o último estádio a ficar pronto entre os 12 que sediarão jogos da Copa do Mundo. O aparato foi aberto no dia 18 de maio e já recebeu dois jogos, mas ainda não teve mais de 37.119 pagantes (número de Corinthians x Botafogo). A ideia da Fifa é ter até 68 mil pessoas no local para ver Brasil x Croácia.

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos