Neymar se diz acostumado a vaias e dispara: "Não estou nem aí"

Do UOL, em São Paulo

  • Wagner Carmo/VIPCOMM

    Atacante foi vaiado e chamado de "pipoqueiro" pela torcida no Mineirão

    Atacante foi vaiado e chamado de "pipoqueiro" pela torcida no Mineirão

Veja Também

Principal nome do futebol brasileiro, Neymar vive um ano longe do que está acostumado. Idolatrado em temporadas passadas, o atacante passou a ser vaiado tanto com a camisa do Santos quanto com a da seleção brasileira. Durante o empate com o Chile, por 2 a 2, na noite desta quarta-feira, o atacante foi cobrado pelos torcedores que compareceram ao Mineirão e chamado de "pipoqueiro". No entanto, o jovem santista garante que "não está nem aí".

"As vaias não fazem bem, ninguém gosta disso. Eu não estou nem aí. Em todo lugar que vamos com a seleção somos vaiados", disparou o astro do Santos. 

Neymar defendeu a seleção das críticas ao dizer que o time tenta sempre fazer o melhor em campo e pregou paciência com a cobrança dos torcedores, que chegaram a gritar "olé" a cada toque dos chilenos na bola.

"Tentamos sempre fazer o melhor. Para quem está de fora parece fácil, mas para quem está dentro de campo, é difícil. Temos que acostumar", disse.

Por último, o atacante manteve o discurso dos jogos em que foi vaiado atuando pelo Santos nesta temporada. De acordo com Neymar, os elogios vão e voltam com frequência.

"Isso acontece. Um dia você é vaiado. No outro é elogiado. Ninguém é perfeito. Quarta você é vaiado e domingo elogiado", comentou. 

VEJA MAIS DO EMPATE BRASILEIRO CONTRA O CHILE

  • Vanderlei Almeida/AFP Photo

    Brasil empata com Chile e ouve vaias, olé e xingamentos para Neymar

  • Reprodução/TV Globo

    Galvão Bueno elogia acesso ao Mineirão e revolta internautas

  • Wagner Carmo/VIPCOMM

    "Fica a critério do Felipão", diz Ronaldinho, sobre dupla com Kaká

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos