Prefeito do Rio quer decretar feriado em dia de jogo da Copa das Confederações

Vinicius Konchinski
Do UOL, no Rio de Janeiro

  • Ricardo Moraes/Reuters

    Estádio do Maracanã será sede de três partidas da Copa das Confederações de 2013

    Estádio do Maracanã será sede de três partidas da Copa das Confederações de 2013

Veja Também

O prefeito do Rio de Janeiro, Eduardo Paes, afirmou nesta quarta-feira que pretende decretar feriado municipal quando a cidade receber um jogo da Copa das Confederações em dia útil.  A ideia foi anunciada durante uma reunião para o planejamento operacional para o torneio.

Segundo Paes, o Rio vai receber um jogo da Copa das Confederações numa quinta-feira (Espanha x Taiti, no dia 20 de junho). Para este dia, a prefeitura deve, no mínimo, decretar dia de meio expediente do trabalho.

"Nós vamos ainda decidir. Isso é uma questão que ainda estamos estudando", afirmou Paes. "Dado que o Maracanã está em uma área de grande fluxo de carros, estamos conversando com o governo estadual e federal sobre, no mínimo, um meio expediente."

O Rio de Janeiro vai receber três jogos da Copa das Confederações, que acontecerá de 15 a 30 de junho deste ano. Nenhuma obra de mobilidade ou aeroportos prevista para preparar a cidade para a Copa do Mundo de 2014 estará pronta para o torneio de 2013.

O prefeito Paes, no entanto, minimizou a ligação entre o andamento dos projetos e sua ideia de decretar feriado em dias de partida. "Não influencia. As obras restantes vão atender, na Copa do Mundo, áreas de hospitalidade", afirmou.

A reunião sobre o plano operacional da Copa das Confederações reuniu membros do governo federal, estadual e municipal. Sessões desse tipo estão acontecendo em todas as cidades-sede do torneio para solução das últimas questões ligadas ao evento.

De acordo com o ministro do Esporte, Aldo Rebelo, outras cidades também podem decretar feriado nos dias de jogos da Copa das Confederações. Isso dependerá das condições de cada uma. "Isso e uma decisão de cada administração local, de acordo com o plano para cada jogo", disse.

Rebelo também negou qualquer relação entre o atraso na entrega das obras de mobilidade e a necessidade de algumas cidades decretarem feriado em dias de jogos da Copa das Confederações.

Copa das Confederações
Copa das Confederações

Notícias relacionadas



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos