Copa 2018

Sorteio tem piadista, corneta celébre e mistura de idiomas sem tradução

Pedro Lopes e Rodrigo Mattos

do UOL, em Moscou, Rússia

02/12/2017 04h00

O semblante sério do presidente russo Vladimir Putin e a segurança militar no Kremlin não impediram que o sorteio dos grupos da Copa 2018 tivesse momentos de descontração e fatos bizarros. De piadas do apresentador, passando por uma pane geral na internet sem fio, a cerimônia acabou incompreensível para parte do público presente no espaço de eventos da sede do governo em Moscou.

Quem sentou nos dois setores laterais das tribunas do teatro onde ocorreu o sorteio não recebeu equipamentos de tradução simultânea. Putin abriu o evento em russo, Gianni Infantino, presidente da Fifa, usou o inglês, e Miroslav Klose, convidado de honra do evento, seu nativo alemão. Com exceção dos mais ferozes poliglotas, os premiados que estavam nestes lugares saíram sem entender boa parte do que foi dito.

Também se deu mal quem queria trabalhar ou mesmo registrar nas redes sociais o sorteio. Se não é veloz, a internet sem fio ao menos tinha uma conexão constante. Na hora do evento, porém, ela apresentou problemas. Tanto a conexão destinada à mídia e jornalistas como a utilizada por delegações oscilaram durante todo o tempo, passando períodos longos fora do ar.

Dentro do palco, os protocolos foram quebrados por momentos de bom humor: intencionais, protagonizados pelo apresentador Gary Lineker, ou involuntários, como um de Maradona. O inglês procurou fazer jus ao papel de mestre de cerimônias encaixando piadas estratégicas. "Prefiro bater um pênalti do que jogar uma Copa do Mundo”, arrancou risos do público, assim como com “ele é bom com as mãos”, uma provocação ao próprio Maradona. “A Islândia tem mais vulcões do que jogadores profissionais de futebol”, no entanto, teve recepção mais morna.

O ex-craque argentino não fez piadas, mas pegou todos de surpresa quando questionado sobre o grupo da Argentina, que terá Islandia, Croácia e Nigéria. Com a voz em um tom de inconfundível mau-humor, El Pibe, que já havia dado o cano em uma sessão de fotos e entrevistas na última quinta, cornetou a Argentina de Jorge Sampaoli. “Precisa jogar melhor, está mal, mal, mal”.

Mais diplomático e burocrático, Puyol retomou a normalidade e encerrou o sorteio com um tradicional discurso elogiando o grupo de sua Espanha, que terá Portugal, Marrocos e Irã.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo