Copa 2018

Oitavas devem animar Copa com três possibilidades de jogos entre campeões

Do UOL, em São Paulo

02/12/2017 04h00

Sem nenhum duelo entre vencedores de Copas na primeira fase, o Mundial da Rússia pode esquentar para valer a partir das oitavas de final, com possibilidade de três confrontos entre campeões do passado. O sorteio na última sexta-feira colocou em voga a chance de um encontro precoce entre Brasil e Alemanha, por exemplo.

Os brasileiros encabeçam o Grupo E, chave que cruza com o Grupo F, que tem a atual campeã mundial Alemanha. O encontro nas oitavas de final pode acontecer caso uma destas duas seleções se classifique em primeiro lugar e a outra como segunda colocada.

De resto, as outras duas possibilidades de confrontos entre campeões nas oitavas são Uruguai (Grupo A) x Espanha (Grupo B) e França (Grupo C) x Argentina (Grupo D).

A primeira fase conta com grupos fortes, como o da Argentina (Croácia, Islândia e Nigéria) e Alemanha (México, Suécia e Coreia do Sul). No entanto, de acordo com o ranking da Fifa, o coeficiente mais forte pertence à chave do Brasil (Suíça, Sérvia e Costa Rica).

Além da possibilidade de um reencontro com a Alemanha, após a traumática derrota por 7 a 1 na semifinal da última Copa, o Brasil pode reencontrar nas oitavas velhos conhecidos de outros Mundiais. A Suécia é o adversário que mais enfrentou a seleção na história, em sete oportunidades, incluindo a final de 1958.

O México é outra "figurinha carimbada" na vida da seleção brasileira em Copas. O confronto já aconteceu em quatro oportunidades, incluindo um 0 a 0 na primeira fase de 2014, em Fortaleza.

Qual o melhor jogo da primeira fase?

O duelo entre Portugal e Espanha no Grupo B promete estar entre os mais badalados da primeira fase, com o confronto entre o melhor do mundo Cristiano Ronaldo contra vários de seus companheiros de Real Madrid. A partida acontece logo na primeira rodada, em Sochi.

No Grupo G, Bélgica e Inglaterra deverão fazer um choque animado em Kaliningrado, pela terceira rodada. Vários jogadores belgas de destaque atuam em times ingleses importantes, como Courtois e Hazard (Chelsea), Lukaku (Manchester United), De Bruyne (Manchester City), entre outros. 

Já no Grupo F, um eventual retorno do veterano Ibrahimovic à seleção da Suécia pode esquentar o duelo contra a Alemanha, na segunda rodada, em Sochi. O ídolo do Manchester United se despediu de compromissos pela seleção de seu país em 2016, mas possivelmente lidará nos próximos meses com uma pressão para disputar a Copa na Rússia.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog Patadas y gambetas
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Rafael Reis
UOL Esporte vê TV
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Marcel Rizzo
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Marcel Rizzo
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog Patadas y gambetas
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Na Vitrine
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Topo