Copa 2018

Adversária do Brasil, Sérvia tem volante que encantou Ceni e fala português

Do UOL, em São Paulo

02/12/2017 04h00

Nemanja Matic é, hoje, o jogador mais conhecido da seleção sérvia. Hoje no Manchester United, ele era bem menos famoso quando encantou Rogério Ceni em uma partida pela Copa Eusébio, em 2013. O hoje treinador ainda defendia o gol do São Paulo e, logo após a partida contra o Benfica, time do volante à época, fez lobby pela sua contratação.

Depois de se informar, o ex-goleiro soube de toda a movimentação financeira que tinha envolvido a ida de Matic ao Benfica. Contratado pelo Chelsea em 2009, ele não se firmou e fez parte de uma troca entre portugueses e ingleses na venda de David Luiz em 2011.

No Benfica, jogou por três anos e encantou Portugal. Ganhou o prêmio de melhor jogador do Nacional e até mesmo o prêmio Puskas de gol mais bonito do ano. Não à toa, três anos depois de ser usado como moeda de troca foi adquirido novamente por 25 milhões de euros, segundo relatou a imprensa portuguesa na época.

Contratado em julho pelo Manchester United, ele foi pedido especial de José Mourinho e custou 50 milhões de euros. Além de cumprir bem suas funções em campo, o volante pode até se comunicar em português com seu comandante. Ele aprendeu a nova língua durante a passagem em Lisboa.

Até por isso, Matic também poderá ajudar sua equipe a entender o que os jogadores brasileiros falarão no encontro entre eles na Copa de 2018.

Para ter chance contra o Brasil, a Sérvia apostará em contra-ataques e na bola aérea, segundo observação do departamento de análise do Sport feita a pedido da CBF.

“Observamos nesse início que é uma equipe bem estruturada defensivamente e reativa, explorando bem os contra-ataques. A maioria dos seus gols foi dessa forma. A seleção brasileira terá que valorizar a posse de bola e fazer combinações rápidas no último terço do campo. A Sérvia vai atuar atrás da linha da bola e vai explorar o jogo aéreo” explicou Thiago Duarte.

O time trocou de técnico logo após garantir a sua classificação ao Mundial. Segundo agências de notícias internacionais, um dos motivos teria sido o fato de Slavoljub Muslin, o técnico, se recusar a apostar em Savic, jovem que atua na Lazio. O atual treinador é Mladen Krstajic.

Além de Matic, outro nome bastante conhecido da equipe da Sérvia é Branislav Ivanovic. O zagueiro que já foi campeão da Liga dos Campeões e tricampeão do Inglês com o Chelsea é capitão da seleção desde 2012. Atualmente, ele joga justamente no futebol russo, no Zenit.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo