Copa 2018

Distância fez Pelé, usuário de bengala, utilizar cadeira de rodas na Rússia

Mladen Antonov/AFP
Pelé chega ao sorteio da Copa do Mundo, em Moscou, na Rússia, de cadeira de rodas Imagem: Mladen Antonov/AFP

Pedro Lopes e Rodrigo Mattos

Do UOL, em Moscou (RUS)

01/12/2017 17h25

Nesta sexta-feira (1º), Pelé fez uso de cadeira de rodas para se locomover durante o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2018, realizado em Moscou (RUS). Segundo José Fornos, o Pepito, assessor pessoal do ex-jogador, não houve qualquer alteração recente no quadro de saúde do ídolo do Santos e da seleção brasileira, que usa bengala para se locomover desde que foi submetido a cirurgias no quadril e recorreu ao recurso por conta das longas distâncias que teve de percorrer no evento.

"Tudo bem. Ele usou a cadeira porque as distâncias eram muito grandes dentro do teatro do Kremlin", disse Pepito, referindo-se ao palco do sorteio.

Pelé foi submetido a duas cirurgias no quadril: a primeira em São Paulo, em 2012, e a segunda em Nova York (EUA), em 2015. Para se recuperar plenamente, o ex-jogador ainda precisa de mais fisioterapia.

Atualmente, Pelé consegue andar distâncias pequenas e de bengala. Apesar da dificuldade para se locomover, ele não sente qualquer tipo de dor na região operada. 

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo