Copa 2018

Da "Copa das Copas" à frieza russa. Como clima pré-Mundial mudou em 2017

Pedro Lopes

Do UOL, em Moscou, Rússia

01/12/2017 00h00

O estrangeiro desavisado que desembarcar na Rússia, se não passar pela sinalização da Fifa, pode sequer perceber que o país será palco da Copa do Mundo de 2018 – ou sedia, nesta sexta, às 13h, o sorteio dos grupos do Mundial, que terá acompanhamento ao vivo do UOL. O contraste da temperatura negativa com os mais de 30 graus de 2013, na versão do sorteio organizada pelos brasileiros na Costa do Sauípe, é também um termômetro da temperatura dos russos em relação ao ilustre torneio. Pelo menos por enquanto.

A barreira da língua já torna difícil para um visitante capturar sinais de entusiasmo ou clima de Copa em Moscou, e o alfabeto em cirílico que domina a paisagem cria um obstáculo quase intransponível até para a sinalização visual. Aos poucos, entretanto, algumas coisas deixam transparecer que o Mundial ainda não é significativo na vida da capital russa: das placas Fifa esquecidas, apontadas para a parede no aeroporto Domodedovo, ao isolamento das estruturas oficiais do sorteio.

AFP PHOTO / Mladen ANTONOV
Policiais em serviço diante do Kremlin, em Moscou, onde ocorrerá o sorteio da Copa Imagem: AFP PHOTO / Mladen ANTONOV

Em 2013, no cenário quente e paradisíaco da Costa do Sauípe, as delegações se concentraram em um resort que respirou e exalou Copa do Mundo – encontros constantes e frequentes entre técnicos, lendas do esporte e celebridades, em distâncias caminháveis e pano de fundo de capa de revista. Não à toa, foi na abertura deste sorteio que a então presidente do Brasil Dilma decretou: “faremos a Copa das Copas”.

A expressão serve como um marco informal para a gradual substituição do pessimismo que veio na esteira da Copa das Confederações e dos protestos de 2013 por um clima de “abraço” ao Mundial, o “vai ter Copa sim”. Teve Copa e ela, com seus defeitos, foi marcada pelo clima festivo e a integração entre culturas e nacionalidades nos mais diversos graus.

A integração está em falta na Rússia. Diante da dificuldade imensa em se comunicar, a saída tácita quase sempre é o silêncio. Detectores de metais e olhares severos de seguranças ou policiais separam os espaços de convivência, aos montes, às dezenas: estão na porta de hotéis, shoppings, estações de trem e restaurantes. Em Moscou, os engarrafamentos constantes a qualquer horário potencializam as distâncias.

Se refletir o clima das ruas de sua capital durante esta semana, o sorteio dos grupos do Mundial de 2018 tem tudo para passar longe das passistas que subiram ao palco com Joseph Blatter em 2013. Uma Rússia e um gigantesco escândalo de corrupção depois, Putin deve dizer, à sua maneira, que também fará a copa das copas. Quando o fizer, no Kremlin, não haverá risadas.

Em comum com o Brasil, apenas alguns problemas: de logística, de mobilidade urbana, de organização. As gracinhas feitas com o Brasil em 2013 pelos atrasos e pela bagunça poderiam tranquilamente se aplicar aos russos, se alguém se atrever a fazê-lo.

Moscou exala uma aura estoica, e sua balança pende para a demonstração de força e potência muito mais do que para alegria, espontaneidade e felicidade. Se o clima do sorteio dos grupos de 2017 for uma prévia da Copa de 2018, todo e qualquer sinal do jeito brasileiro de ser no Mundial ficará a cargo de Tite e seus 23.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte vê TV
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Perrone
UOL Esporte - Futebol
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Blog de Esportes
Topo