Copa 2018

Brasil está pronto para enfrentar qualquer um, diz Neymar antes de sorteio

Do UOL, em São Paulo

30/11/2017 07h13

O atacante Neymar disse, em entrevista publicada pelo site da Fifa nesta quinta-feira, que não tem preferências de adversários para o sorteio dos grupos da Copa do Mundo de 2018 e que o Brasil está preparado para enfrentar qualquer seleção.

"Não (tem preferências no sorteio). O Brasil está pronto para enfrentar qualquer um. Nós treinamos para que não tenhamos medo de ninguém que possamos enfrentar. É uma Copa do Mundo, então as melhores equipes estão lá. Todos estão bem preparados com uma ótima qualidade. Você não pode escolher um time ou outro, pensando que eles serão mais fracos. Você só precisa estar pronto quando você vai para uma Copa do Mundo", disse.

Neymar ainda disse que sente ansioso pelo sorteio, que começará às 13h (de Brasília) de sexta-feira. O Brasil é um dos cabeças-de-chave,

"Obviamente, você fica ansioso para descobrir contra quem vamos jogar. Mas acho que não importa demais. É uma daquelas ocasiões em que você coloca a pipoca no microondas e chama a sua família e amigos para assistir na televisão (risos)", disse.

Veja outros trechos da entrevista

Sorte para ser campeão mundial?
Sorte? Muito pouco. Eu não acho que a própria sorte pode ajudar uma equipe a ganhar. Eu acho que os eventuais campeões são aqueles que estão trabalhando duro há muito tempo de antemão e estão prontos para enfrentar qualquer um em seu grupo ou nas rodadas eliminatórias.

Respeito pelo Brasil
Sim eu quero. O respeito pela equipe agora é diferente do que foi há três ou quatro anos após a Copa do Mundo. As pessoas nos vêem de forma diferente. O Brasil que todos respeitam e admiram está de volta; uma equipe que apresenta um bom futebol. E isso nos faz felizes. O clima de nossos fãs e do nosso país mudou. Todos estão confiantes e felizes com a Copa do Mundo. Você não pode dimensionar isso.

Copa 2014
É estranho porque não terminei essa Copa do Mundo da maneira que eu queria. Obviamente eu queria coroá-lo com o título, mas não ganhei nem perdi. Não terminei a Copa do Mundo. O meu torneio terminou com uma grave lesão e, infelizmente, tive que pagar por isso.

Lesão na Copa
Essa foi uma semana muito ruim para mim. Eu chorei muito e me perguntei muitas vezes porque aconteceu. Mas, eventualmente, você entende que tudo o que acontece na vida o torna mais forte, mesmo que não seja algo que você quiser nesse momento. Isso ajuda você a aprender e se preparar melhor no futuro. Acho que essa Copa do Mundo será enorme para os brasileiros. Pessoalmente, vou dar tudo o que tenho para ganhar.

Dar passes ou marcar gols?
Ambos me deixam muito feliz. Eu gosto disso quando as coisas funcionam bem para a minha equipe, seja com Paris Saint-Germain ou com o Brasil. Embora o objetivo seja sempre marcar, dar um passe para um companheiro de equipe para encontrar a rede também me faz feliz. Ambos lhe dão um sentimento semelhante, é praticamente o mesmo.

Jogo de equipe
É algo que você deve aprender quando criança. Você não deve pensar apenas sobre si mesmo porque, no final, o futebol é um jogo de equipe. O desejo de ajudar e configurar seus companheiros de equipe para marcar é algo que é colocado em você quando você uma criança. Há, obviamente, momentos em que terminei os lances (e marquei), essa é uma das minhas características, mas também estou feliz dando passes e assistências. Sempre foi assim.

Desejo para 2018
Em 2018, Neymar ficará muito feliz na Copa do Mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo