Copa 2018

Tite aponta favoritos para a Copa e aposta em crescimento da Argentina

Pedro Martins/MoWa Press
Tite vai acompanhar o sorteio da Copa do Mundo na Rússia nesta sexta-feira (1) Imagem: Pedro Martins/MoWa Press

Do UOL, em São Paulo

29/11/2017 18h31

Em entrevista ao site da Fifa, o técnico Tite apontou alguns de seus favoritos para a Copa do Mundo de 2018 e apostou também em um crescimento da Argentina, que viveu um drama nas Eliminatórias e só se classificou na última rodada graças a um show de Messi contra o Equador. O treinador da seleção brasileira citou Alemanha, Espanha, Portugal e Bélgica entre as equipes mais fortes.

"A Alemanha é muito forte. Eles têm um conjunto sólido, com um treinador que está no comando há 11 anos (Joachim Löw). Ele tem um conhecimento profundo da equipe, e eles são os atuais campeões. Além disso, ele trouxe novos jogadores para fortalecer a geração bem-sucedida de 2014. Eles têm um projeto de longo prazo e por isso são tão fortes. É um grande desafio para mim enfrentar algo assim", disse Tite.

"Já a Espanha joga um tipo de jogo bem parecido com o do Brasil. Eles cuidam bem da bola e criam triângulos no campo para movimentá-la. Talvez nós tenhamos jogadores mais rápidos e agressivos agora. E a Espanha tem Isco e Iniesta, que ditam o ritmo. É um estilo baseado em apoiar o jogador que tem a bola e manter a posse de bola, que são duas coisas que eu admiro", completou.

Para Tite, Além de Alemanha e Espanha, a França está no grupo de elite de seleções da Copa. "A França tem mais experiência que antes e um tipo diferente de qualidade, com jogadores como Griezmann, Mbappé e Lacazette. Eles são muito fortes", avaliou.

"Também tem Portugal, a atual campeã europeia, e a Bélgica, que tem uma geração de primeiro nível, com De Bruyne, Lukaku, Courtois, Witsel. São equipes muito fortes", disse o técnico brasileiro.

Argentina

Tite também disse concordar com Messi a respeito de uma subida de nível da seleção argentina na Copa. O camisa 10 havia dito após a classificação nas Eliminatórias que o time ia se fortalecer sob o comando de Jorge Sampaoli e chegar melhor ao Mundial.

"Estou com Messi. Eles superaram uma pressão muito grande nas Eliminatórias. Quando você tem três técnicos diferentes na mesma competição (Gerardo Martino, Edgardo Bauza e Sampaoli), algumas coisas não vão funcionar bem. Mas agora eles estão classificados e terão tempo para trabalhar. Com a qualidade de Sampaoli e dos jogadores, tenho certeza de que eles vão melhorar", concluiu.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte vê TV
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Perrone
UOL Esporte - Futebol
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Blog de Esportes
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blogs - Mauro Beting
Copa do Mundo 2018
Blog Patadas y gambetas
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog Patadas y gambetas
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Topo