Copa 2018

Como rumor sobre seleção peruana fora da Copa deu falsa esperança à Itália

Reprodução/Líbero
Capa do jornal peruano Líbero que repercutiu no mundo Imagem: Reprodução/Líbero

Do UOL, em São Paulo

23/11/2017 12h30

Um projeto de lei peruano causou alvoroço no país e chegou até a Itália nos últimos dias. Tudo porque se a lei fosse aprovada no país da América do Sul, a Federação Peruana de Futebol estaria automaticamente descumprindo uma das leis da Fifa sobre a autonomia das federações afiliadas à entidade do futebol e poderia perder sua vaga para a Copa do Mundo de 2018, conquistada na repescagem contra a Nova Zelândia.

A notícia ganhou repercussão internacional ao ser publicada pelo jornal peruano Líbero, que trouxe uma capa apocalíptica em sua edição de dias atrás. “Rússia em perigo”, publicou. O projeto de lei em questão é da congressista do partido Força política, Paloma Noceda, presidente da Comissão de Educação, Juventude e Esporte de Lima e ligada ao ex-presidente Alberto Fujimori.

O projeto fiscalizaria de perto as ações da Federação Peruana, que passaria a fazer parte do Instituto Peruano de Esporte (IPD). O jornal Líbero interpretou que tal lei tiraria a autonomia da entidade, violando o código da Fifa e consequentemente tendo como punição a exclusão do Mundial da Rússia.  Logo que a notícia tomou grandes proporções, a congressista veio a público negar e se explicar.

“Em nenhum momento o projeto de lei propõe que a federação peruana passe a fazer parte da IPD (Instituto Peruano de Esporte). Eu não sei em qual momento foi interpretado isso. A IPD pode fiscalizar as federações esportivas nacionais porque estão representando o Peru. Poderia haver uma preocupação por parte da FPF ou da Fifa sobre uma interferência do Estado, mas nós, na comissão e acredito que todos os congressistas, queremos o bem do esporte”, ressaltou Paloma Noceda à rádio Exitosa do país.

Uma coletiva de imprensa com todos os envolvidos também foi feita, incluindo o presidente da Federação peruana, Edwin Oviedo, para sanar qualquer dúvida sobre o fato. Os presentes afirmaram que “qualquer coisa decidida no futuro sobre o assunto será feita levando em conta a opinião dos especialistas no assunto”.

AFP PHOTO / Miguel MEDINA
Imagem: AFP PHOTO / Miguel MEDINA
Mas onde a Itália entra nisso?

Apesar de todos os esclarecimentos, tudo já havia virado uma bola de neve, chegou à Itália e até mesmo à Fifa. Um dos maiores jornais esportivos italianos, o Corriere Dello Sport, publicou a notícia em tom de brincadeira. Afinal, se o Peru fosse retirado da Copa, a Itália seria a seleção a disputar o Mundial em seu lugar?

“Enquanto nosso futebol está passando por momento problemático, abrem a possibilidade de uma participação ‘desajeitada’ no torneio da Rússia. Se isso se tornasse realidade, deveríamos agradecer a Paloma Noceda, deputada peruana, que apresentou um projeto de lei na qual a federação ficaria sobre o controle do Instituto Peruano de Esporte, um órgão estatal com funções ministeriais. Se a proposta fosse aprovada, o Peru poderia ser excluído da Copa”, publicou o jornal italiano.

“A Fifa, nesse sentido, solicitou informações da federação. Relatamos o que está escrito pelo jornal peruano, embora não acreditemos que a situação possa acontecer”, ressalta o Corriere Dello Sport.

O artigo 7 do regulamento da Fifa da Copa do Mundo de 2018 diz: “Se uma associação (dos 32 classificados) se retirar ou for excluída do Comitê Organizador, a Fifa decidirá sobre a questão e tomará as medidas que considere necessárias. O Comitê pode, em particular, decidir substituir a federação em questão por outra”.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está fechada

Não é possivel enviar comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Mais Copa 2018

Topo