Copa 2018

Técnico fraco e vergonha: Junior, Casão e Careca comentam queda da Itália

Max Rossi/Reuters
Itália perdeu para a Suécia na repescagem e não vai para a Copa do Mundo de 2018 Imagem: Max Rossi/Reuters

Vanderlei Lima e Ana Carolina Silva

Do UOL, em São Paulo

14/11/2017 16h02

O fracasso da Itália na briga por uma vaga para a Copa do Mundo de 2018 não foi bem digerida por ninguém, muito menos para os que conhecem bem o futebol no país, o calcio. Em conversa com o UOL Esporte, os ex-jogadores Júnior, Casagrande, Careca e Aldair comentaram a eliminação da Azzurra.

Apesar do empate sem gols em Milão, a vitória da Suécia por 1 a 0 em Estocolmo acabou por sacramentar a queda italiana. O técnico Gian Piero Ventura foi amplamente criticado por não ter colocado em campo o atacante Insigne, do Napoli, durante todo o jogo de volta.

Hoje envolvidos com o esporte de maneiras diferentes, como na TV ou no futevôlei, os entrevistados foram unânimes ao tratar o ocorrido como uma "vergonha" e ao dizer que o treinador não está à altura da seleção tetracampeã.

"VERGONHOSO"

JÚNIOR

Comentarista da TV Globo, ex-lateral de Torino e Pescara

Divulgação/Globo
Imagem: Divulgação/Globo

A não ida da seleção italiana... Naturalmente, eu não vou dizer uma tragédia, porque tragédia é desumano, terremoto, essas coisas, mas é um desastre total em termos esportivos e em termos econômicos.

Eu só espero que com essa não ida pra Copa do Mundo, a Itália possa dar um pontapé para uma reformulação, porque na verdade todo mundo está descontente. Eu tenho três compadres italianos, sou padrinho de três filhos de amigos que jogaram comigo, e pô, os caras estavam revoltados.

CARECA

Ex-atacante do Napoli

Getty Images
Imagem: Getty Images

É o que eu coloquei no meu Instagram: será um Mundial diferente, porque com a tradição que tem a Itália, a história da Itália e a história do torcedor, realmente é triste. Mas é a pura realidade, a Itália já vem de alguns mundiais com dificuldade. No último Mundial aqui no Brasil, a Itália foi eliminada rápida e precocemente na primeira fase. Não conseguiu fazer uma reposição para os grandes jogadores que, no passado, faziam a diferença.

Conseguiu manter uma defesa com um goleiro de alto nível, mas do meio campo pra frente teve muita dificuldade, sendo que a história no passado mostrou muito um meio de campo com atacantes ofensivos e sempre com uma boa defesa. Mas ficou com esta mentalidade só defensiva, se defendendo e se defendendo, e daí jogar no risco de ganhar de 1 a 0. Isso é pouco, porque o futebol de hoje é moderno, criativo, competitivo, muito nivelado e a Itália achava que na última partida dava, dava... E em casa, perdendo a classificação.

Nós, que jogamos bola e que conhecemos futebol, não acreditávamos que ia acontecer. Imagina os jogadores, então. Realmente foi uma decepção muito grande pra gente, que viveu lá por seis anos com orgulho. Tenho uma história linda lá no Napoli, com certeza eles estão de luto, não tenha dúvida. Eu falei ontem com alguns amigos italianos que estavam detonando todo mundo.

ALDAIR

Ex-zagueiro da Roma e do Genoa (esteve ontem no Giuseppe Meazza, palco do jogo em Milão)

Ben Radford /Allsport/Getty Images
Imagem: Ben Radford /Allsport/Getty Images

Olha, o meu sentimento foi ruim, triste, ninguém poderia esperar que a Itália ia ficar fora do Mundial. Ainda mais, no meu modo de ver, contra uma seleção não muito forte [Suécia], que só sabia se defender, conseguiu um chute no gol e passou pela Itália. Então o sentimento não é bom, o torcedor e o povo italiano estão muitos chateados. Essa é a realidade: o futebol na Itália caiu muito de nível de alguns anos para cá. Até na Copa no Brasil, em 2014, a Itália saiu na primeira fase.

Na Copa anterior [África do Sul, quando a Itália também caiu na primeira fase] tiveram problema, então chegou o momento e aconteceu. É um momento triste, mas também é o momento deles pensarem no futuro. Acredito eu que haverá muita troca aqui no futebol italiano nos próximos anos. A Itália fora do mundial não é bom para o mundo, não é bom para a FIFA, não é bom pra quem gosta de futebol, não é bom ver a Itália fora do Mundial. Perde muito o Mundial sem a Itália.

No estádio, os torcedores se comportaram muito bem, tiveram um comportamento exemplar. É claro que estavam todos chateados, o que é justíssimo, já que incentivaram o time até o final, mas reconheceram que a Itália tem um nível muito baixo hoje. Em 180 minutos de jogo, conseguiram fazer poucos chutes no gol, então o sentimento era de tristeza, mas não tanto de revolta como os programas esportivos estão tendo hoje [terça-feira] aqui na Itália, nas ruas, com os amigos, com as pessoas... Então a revolta hoje está um pouco maior do que ontem no estádio.

CASAGRANDE

Comentarista da TV Globo, ex-jogador de Ascoli e Torino

Eu joguei por sete anos na Itália. Pô, eu não tenho nem ideia de como vai ser, já que a última vez que a Itália não foi para Copa aconteceu em 1958, e eu nasci em 1963. Então todas as Copas que eu vi, tinham a Itália jogando. Eu nunca vi uma Copa sem a Itália. Morei sete anos lá e tenho dois filhos que nasceram lá, o Leonardo e o Saimon, e eles têm um orgulho enorme de terem nascido lá, torcem para a Itália.

Um torce para a Juventus e o outro pra Roma, e ontem eles estavam baqueados, estavam bastante tristes. No primeiro momento deu uma tristeza geral, depois houve uma cobrança muito forte da imprensa italiana em cima da federação. Os torcedores são super apaixonados, a pressão existe lá como existe aqui, lá até mais. Nos anos 80, que era o auge do futebol italiano, tinha programas esportivos todos os dias. O espaço para o futebol era enorme.

VENTURA: "TÉCNICO FRACO"

Marco Luzzani/Getty Images
Imagem: Marco Luzzani/Getty Images

JÚNIOR

Comentarista da TV Globo, ex-lateral de Torino e Pescara

Foi mais ou menos uma coisa anunciada a partir do momento em que o treinador foi o [Gian Piero] Ventura... Eu acompanho um pouco o Torino e ele teve duas temporadas lá, mas jogando com um time sem muita ambição, até mesmo por uma questão de opção do presidente. Então ele jogava o futebol da década de 70, uma retranca.

É o caso que até hoje ainda persiste, teve sempre bons jogadores na frente e se defendia, se defendia, fazia um golzinho e ganhava de 1 a 0. Então fez duas boas temporadas lá, mas ele jamais foi um treinador que dirigiu grandes equipes na Itália como o Milan, Inter, Juventus, Roma e cia. Quer dizer, ele sempre foi treinador de times intermediários.

Ele deveria ser a quarta escolha do pessoal da federação italiana de futebol, porque eles foram atrás do [Antonio] Conte, do [Massimiliano] Allegri... Foram atrás de outros treinadores que já têm um pouco mais de moral e ninguém quis pegar a seleção italiana. Isso chamou muita atenção, porque normalmente você dirigir uma seleção italiana é uma honra, caramba!

É como a seleção brasileira, seleção argentina, as campeãs do mundo, ainda mais em um país onde o futebol é a primeira paixão. Naturalmente, o cara renunciar a isso soou muito estranho, então as pessoas estavam com um pé na frente e outro atrás.

A seleção italiana teve muito pouco tempo pra fazer treinamento, teve aquele mesmo problema de se reunir na segunda pra jogar na quinta-feira. Eu estava conversando ontem com o Careca [ex-atacante], e é muito duvidoso o material humano, entendeu? Você continua ainda com bons jogadores na defesa, mas do meio pra frente, infelizmente. você não tem.

Quando o El Shaarawy começa a ser a tua solução, é porque alguma coisa não está funcionando. O Insigne, o Immobile e o Verratti foram os três jogadores que apareceram no Pescara há três anos, que fizeram o Pescara sair da Série B para a Série A porque são jogadores realmente acima da média.

Marco Luzzani/Getty Images
Destaque do Napoli, Insigne não saiu do banco contra a Suécia Imagem: Marco Luzzani/Getty Images

Mas ele morreu com um jogador no banco que talvez seja, dentro da equipe hoje, o de maior criatividade [Insigne, da foto acima]. Quer dizer, pra você ver o nível de conceito de jogo que ele tinha, precisando ganhar, caramba! É uma pena isso aí, um dos meus compadres me ligou revoltado quando acabou o jogo, revoltado porque ele já tinha inclusive planejado de me encontrar lá na Rússia depois da Copa.

Aí eu falei pra ele, já que você não vai para a Rússia, vem para o Brasil [risos]. Ele falou ‘pô, é muito longe, é muito longe, eu tenho medo de avião’. Pô, hoje quando eu acordei aqui, o que tinha de mensagem da rapaziada... Porque realmente é uma coisa que vai mexer, só espero que isso sirva pra uma reformulação.

Faz muito tempo que a Itália não briga pra ganhar um daqueles torneios europeus de sub, de base, nos quais a Itália foi sempre de ponta. Hoje os clubes não revelam mais jogadores e isso é um dos problemas, você olha pra seleção italiana e ela é muito abaixo daquilo que a gente viu, sobretudo nas décadas de 80 e 90.

CARECA

Ex-atacante do Napoli

Getty Images
Imagem: Getty Images

É claro que o Ventura tem culpa, mas a maior culpa é dos dirigentes, a maior culpa foi dos dirigentes de colocá-lo lá. Com todo o respeito, ele tem a sua história, mas pra quem assistiu é totalmente retranqueiro. Hoje, no futebol, não cabe só isso aí se não tiver poder de criação, ofensividade.

É lógico que os jogadores têm a sua parcela de culpa, mas a maior culpa é da Federação Italiana de Futebol. Para o torcedor italiano, imagina o prejuízo econômico de quem já tinha comprado passagem. Os torcedores italianos são loucos pelo futebol, são loucos pela Azzurra. São apaixonados pela Ferrari e pela Azzurra, então vai faltar, sim, um pouco de brilho.

Com certeza, sem a Itália no Mundial da Rússia, tem que ter renovação. O Conte foi convidado e sei lá porque não quis. Eu penso que um cara que pode fazer essa renovação e estou até torcendo é o Fabio Cannavarro, um jovem com ideias jovens. Ele está na China, mas eu daria a seleção italiana para um cara desse tipo, que tem um perfil fantástico. Pode me colocar nessa comissão que eu vou embora [risos]. Ele é muito carismático e tem tudo, está trabalhando direitinho.

CASAGRANDE

Comentarista da TV Globo, ex-jogador de Ascoli e Torino

Reprodução
Imagem: Reprodução

O Ventura foi uma escolha errada da Federação Italiana. A Itália sempre teve um treinador de peso, treinador que tinha trabalhado em grandes clubes italianos, tinha ganhado títulos italianos e, de repente, pega o Ventura de treinador. Conhecido por sempre trabalhar em clubes médios pra baixo, o último time dele foi o Torino, um clube médio pra pequeno.

Não é mais o grande time do Torino nos anos 40, 60 e nos anos 80, que foram os dois últimos grandes times do Torino, no qual eu e o Júnior jogamos. De lá para cá, o clube faliu, então o Ventura não tem aquela experiência de grandes jogos de diversas competições, de diversas conquistas. Mexeu mal ontem no time também, na minha opinião. Nem colocou o menino Insigne.

É o seguinte: a geração da Itália é ruim, também tem essa. Na maioria dos clubes italianos, os jogadores são estrangeiros, então eles bloqueiam o aparecimento de jovens talentos italianos, isso é bloqueado. A Itália não consegue revelar bons jogadores, essa seleção de ontem não tinha nenhum jogador parecido com Totti, com o Del Piero, Baggio, com o Pirlo...

A seleção de ontem não tinha nenhum, então é o pacote completo: a escolha do treinador foi errada, o treinador não tem experiência, o futebol italiano está em baixa há muito tempo, e eles não abriram os olhos pra isso. Agora tem que ter uma reformulação geral, não pode mais ter um time como a Inter de Milão campeã da Liga dos Campeões e ir para o Mundial [de Clubes] sem ter um jogador italiano no time titular.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Reuters
UOL Esporte - Futebol
Blog Corneta FC
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog Corneta FC
Blog do Marcel Rizzo
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte - Futebol
EFE
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
EFE
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
AFP
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Rafael Reis
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Topo