Copa 2018

Mesmo com lesões e longe do auge, D. Costa segue favorito de Tite por Copa

Pedro Martins/MoWA Press
Imagem: Pedro Martins/MoWA Press

Pedro Ivo Almeida

Do UOL, no Rio de Janeiro

21/10/2017 04h00

Com a Copa se aproximando e o “leque fechando”, Tite já não promove mais grandes testes nas convocações da seleção brasileira. Na última lista, divulgada na sexta-feira (10) para os jogos contra Japão e Inglaterra, em novembro, estão apenas nomes já conhecidos e testados pelo técnico anteriormente. As poucas novidades ficaram por conta do retorno de nomes como Douglas Costa.

Com um histórico recente de lesões e longe de seu auge técnico, o atacante da Juventus (Itália) ainda não se consolidou no time sob o comando de Tite. Mas nem por isso tem menos valor para o treinador. Pelo contrário.

Na visão da comissão técnica, o jogador é o “nome ideal” para a reserva da dupla formada por Neymar e Gabriel Jesus. Para Tite e seus auxiliares, o atacante é quem reúne maior potencial decisivo entre os possíveis reservas.

Com a base titular consolidada, o treinador agora busca as melhores opções para formar o seu banco para a Copa do Mundo. E a ausência de nomes decisivos preocupava. Com exceção de Willian, que reúne mais características de organização de jogo, os nomes testados não se mostravam tão letais em momentos de adversidade.

Firmino agradou, mas ainda não mostra o poder de fogo de outrora e pode ser utilizado um pouco mais longe da área. Taison e Diego Souza ganharam oportunidades para os jogos de novembro. Tardelli foi testado nos últimos jogos das Eliminatórias. Mas é em Douglas Costa que Tite aposta todas as suas fichas.

O treinador não esconde o desejo de ver o jogador da Juventus “emplacar” novamente os bons tempos de Bayern de Munique na seleção.

“Nós o convocamos em alguns momentos que ele teve problemas, e isso retirou dele a possibilidade de um melhor desempenho. A época Guardiola [no Bayern] foi melhor que a do Ancelotti, ele teve uma transferência, e o Allegri fez uma boa observação", comentou o treinador.

Além dos jogos contra Japão e Inglaterra, Douglas Costa poderá ter mais duas chances de confirmar a expectativa de Tite. A seleção encara Rússia e Alemanha, em março, nos últimos jogos antes da definição da lista final para a Copa do Mundo.

ID: {{comments.info.id}}
URL: {{comments.info.url}}

Ocorreu um erro ao carregar os comentários.

Por favor, tente novamente mais tarde.

{{comments.total}} Comentário

{{comments.total}} Comentários

Seja o primeiro a comentar

{{subtitle}}

Essa discussão está encerrada

Não é possivel enviar novos comentários.

{{ user.alternativeText }}
Avaliar:
 

* Ao comentar você concorda com os termos de uso. Os comentários não representam a opinião do portal, a responsabilidade é do autor da mensagem. Leia os termos de uso

Escolha do editor

{{ user.alternativeText }}
Escolha do editor

Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Reuters
UOL Esporte - Futebol
Blog Corneta FC
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog Corneta FC
Blog do Marcel Rizzo
Copa do Mundo 2018
UOL Esporte - Futebol
EFE
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
EFE
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
AFP
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
EFE
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Blog do Rafael Reis
Blog do Rafael Reis
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Copa do Mundo 2018
Topo