Após acertar com MG para Copa, Parreira descarta morar em BH e planeja ida à Eurocopa

Gabriel Duarte
Do UOL, em Belo Horizonte

  • Renato Cobucci/Imprensa-MG

    Parreira durante apresentação oficial como consultor do estado em assuntos referentes à Copa de 2014

    Parreira durante apresentação oficial como consultor do estado em assuntos referentes à Copa de 2014

Veja Também

Contratado por R$ 1,2 milhão pelo Governo de Minas Gerais para ser consultor do Estado em assuntos referentes à Copa do Mundo de 2014, Carlos Alberto Parreira ainda não teve sua rotina de trabalho definida, mas adiantou que não se mudará a capital mineira por causa do novo emprego. Além disso, o ex-treinador disse que pretende acompanhar eventos em outros países para divulgar a estrutura montada pelo estado visando o Mundial.

Morando no Rio de Janeiro, Parreira disse que deve estar na capital mineira quinzenalmente e que nós próximos dias agendará visitas às 19 cidades no estado candidatas à sub-sede durante a Copa de 2014. Ele irá observar principalmente os centros de treinamentos, que obrigatoriamente deverão ter dois campos com medidas oficiais; hotéis, com 55 quartos, no mínimo; além do deslocamento e a disponibilidade de transporte rápido

"Não há necessidade de mudança, acho que esse tempo de visita é o suficiente para trabalharmos bem. A Copa do Mundo não é só construir estádio. Vamos ter que ter planejamento", disse o ex-técnico, que não quis comentar sobre a infraestrutura do País.

Com o valor recebido, Parreira será o responsável pelos custos de viagens, estadias e eventuais contratações de pessoas para ajudá-lo em sua função. "Farei visitas a equipes no exterior, irei à Eurocopa e a outros eventos. Haverá contato pessoal com treinadores mais próximos, farei ligações telefônicas, enfim, sei onde estão as fontes para apresentar a estrutura que está sendo montada", garantiu o ex-treinador, afirmando que vai usar da sua "credibilidade" internacional.

O ex-treinador disse que Minas Gerais está adiantada nas obras e reforçou o discurso do governo do estado de que o Mineirão estará pronto seis meses antes da Copa das Confederações, marcada para começar em 15 de junho. Porém, esquivou-se de perguntas sobre a relação estremecida entre o Governo Federal e a Fifa.

Parreira terá que dividir a função de consultor com sua nova empresa de comércio exterior, especializada em vender automóveis e aeronaves para jogadores de futebol. Porém, ele disse que os dois cargos não irão atrapalhá-lo.

Obras da Copa
Obras da Copa

Últimas de Copa do Mundo 2014



Shopping UOL

UOL Cursos Online

Todos os cursos